A FELICIDADE DE AMAR É CONTEMPLAR A NATUREZA E SENTIR AS VIBRAÇÕES DA FORÇA CRIADORA QUE SE ESPALHA PELO UNIVERSO INFINITO, QUE EM UNIÃO COM A MATÉRIA CÓSMICA POSSIBILITA QUE A EVOLUÇÃO SEJA O PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DO UNIVERSO.

- COMPARTILHE A FELICIDADE -

Como livrar a mente dos pensamentos negativos - Por Stephanie Gomes


Antes de aprender a evitar os pensamentos negativos e substituí-los por positivos, é importante compreender por quê é tão importante tomar esta atitude. Entenda: a negatividade da mente trava sua vida e impede que você atraia para si as coisas boas que deseja. Enquanto os seus pensamentos vibrarem negativamente, situações positivas não conseguirão ocorrer. A partir do momento em que você liberar sua mente dos pensamentos negativos, abrirá espaço para os positivos entrarem e o mesmo acontecerá com aquilo que atrai. Além de colocar a lei da atração a seu favor, pensar positivamente fará você se sentir melhor com você mesmo, porque o pensamento negativo não só atrai coisas e situações ruins, como também te deixa tenso, neurótico e acaba com a sua qualidade de vida.

Existem alguns meios simples para mudar a direção do pensamento, mas antes de começar a usá-los, é importante que você reconheça que está tendo pensamentos negativos, observe-se para detectar quais são (e quais deles são mais frequentes), entenda por que é importante fazer essa mudança e esteja disposto a lidar com você mesmo com paciência, porque nem sempre é fácil livrar-se do pensamento negativo quando ele surge com intensidade. Seja determinado e ao mesmo tempo compreensivo com você mesmo. Sua forma de pensar aos poucos mudará. E a sua vida também.

O primeiro conselho que geralmente se dá a quem procura uma forma de livrar-se dos pensamentos negativos é: troque-o por um pensamento positivo, qualquer um. Você já tentou fazer isso? Se usou essa tática para um pensamento pouco intenso, pode ser que tenha funcionado. Mas quando a sua mente é tomada por pensamentos fortes e que fogem ao controle, é muito difícil que este método faça algum efeito. Quando você está infeliz por um problema no trabalho, é improvável que consiga mudar subitamente para pensar no quanto é feliz no seu relacionamento e esquecer o primeiro assunto. O ideal é que você mude a sua visão sobre a situação ou pessoa que está te incomodando sem travar uma batalha contra sua mente.

Ao invés de trocar o pensamento para outro que não tenha relação com o que você está pensando (e que, obviamente, você não vai dar a menor atenção, porque ele não é o que importa naquele momento), encontre uma forma de pensar em algo positivo sobre o mesmo assunto. Se brigou com alguém e não consegue parar de pensar na pessoa e no que aconteceu, sentindo raiva e vontade de se vingar, pode tentar alimentar sua mente com boas memórias que vocês tiveram ou lembrar-se de suas qualidades e das coisas que ela já te fez de bom. Se estiver irritado com você mesmo porque seus planos não estão avançando como gostaria, procure pensar no quanto já conquistou até aqui (algum reconhecimento, aprendizado, bons momentos que viveu nessa busca), visualize-se realizando seu sonho e, se quiser, peça para que as coisas comecem a fluir e tudo dê certo. A probabilidade de conseguir neutralizar o pensamento com calma e sem tentar fugir dele é muito maior.

Outra ótima tática para transformar o pensamento negativo em positivo – que eu uso toda vez que estou sendo pessimista e sempre dá certo – é: pergunte-se “se isso é o que não quero, então o que eu quero?”. Responder a essa pergunta vai fazer você se lembrar de que, para conseguir o que quer, é preciso que seus pensamentos estejam alinhados, e ainda te fará imaginar aquilo que você deseja, atraindo-o para você através da imaginação (a ferramenta mais poderosa da lei da atração).

O livro O Poder do Agora, que fala sobre a importância de estar no momento presente, explica que o melhor a fazer quando os pensamentos estiverem te causando sofrimento e você não conseguir mudá-los é parar de lutar contra si mesmo e concentrar-se no que está sentindo. Sinta a raiva, o medo, o descontentamento, a fraqueza. Reconheça que eles estão ali e são uma forma de sofrimento. Aceite que estejam ali. Não ofereça resistência. Entregue-se. Desta forma, por incrível que pareça, você tira o foco do que te causou o sofrimento e se coloca no presente. Quando não houver nada que te faça sentir bem, apenas aceite o que está sentindo. Em certo momento, você perceberá a aceitação fazer seu trabalho e o sofrimento ser coberto pela sua presença. Ele não é permanente, portanto não se preocupe em combatê-lo desesperadamente. Quando se sentir melhor, pergunte-se: existe algo que eu possa fazer para mudar esta situação? Se houver, você então estará se sentindo apto a fazer.

Se os pensamentos negativos já se tornaram uma mania sua e surgem a qualquer momento, até mesmo quando tudo está bem ou você não está fazendo nada, talvez o que você precise é de algo para ocupar a mente, pois quando ela está vazia, por força do hábito, você volta seus pensamentos ao pessimismo e à negatividade. Que tal se dispor a aprender algo que você tenha interesse? Pode ser estudar um novo idioma, pesquisar sobre um assunto que você não domina mas acha interessante, conhecer outras culturas, estudar uma religião ou o que quer que seja interessante para você. Assim, sempre que houver uma brecha e você puder escolher entre deixar a mente vagar por aí ou focá-la em algo, já terá o material e estará pronto para optar pela segunda op

ção. Além de evitar e esquecer o pensamento negativo, você cresce.
Evite pensar em frases com a palavra “não”, como: “eu não quero isso”, “isso não vai dar certo”, “eu não consigo” etc. Comece a usar mais afirmativas. O “sim” abre caminho para a positividade e dá espaço às possibilidades. Desacostume-se a negar e habitue-se a usar afirmações positivas.

Para não criar mais conflito interno e piorar a produção de seus pensamentos, pare um pouco de buscar desesperadamente a calma e apenas perdoe a si mesmo por não estar em paz. Relaxe e deixe os pensamentos soltos. Você pode tentar repetir para si mesmo: “eu me perdoo por não estar em paz”, mas se isso exigir muito esforço, pare. A intenção não é criar mais forças internas, e sim neutralizar as que estão agindo. Quando finalmente conseguir aceitar a sua intranquilidade ela se transformará em paz. Sabe quando você tem um ataque de choro por algum motivo, e depois que ele cessa tem a sensação de que a dor se foi? Isso acontece porque você, depois de muito sofrer, finalmente a aceitou.

Não são só as situações que fazem com que você tenha pensamentos negativos. Você mesmo pode estar estimulando-os em sua mente sem ter consciência (ou tendo, mas ignorando isso). Quando fala mal sobre a vida de outras pessoas, reclama e conversa sobre problemas, está criando pensamentos negativos dentro de si. Faça um favor a si mesmo: pare de insistir em conversas deste tipo. Quando alguém vier falar com você puxando um assunto sobre algo ruim, faça um comentário positivo e mude o caminho da conversa. Diga que tal pessoa tem uma ótima qualidade, mostre o lado bom das situações, fale sobre boas ideias e momentos. Tudo aquilo que se diz exerce muito poder e energia sobre a mente, e é certo que a vida de qualquer pessoa melhora quando ela se acostuma a emitir coisas boas através das palavras.

Por último, uma dica importante e essencial para tornar a negatividade cada vez menos presente em sua mente: pare de alimentar os pequenos pensamentos negativos. Quando eles surgem de uma situação incontrolável, de um grande problema ou algo que vem se arrastando há tempos e te fazendo mal, é mesmo difícil controlá-los, mas há vezes em que pensamos negativo apenas por costume. Pensamos bobagens desnecessárias que, apesar de bobas, nos fazem mal e criam abertura para o hábito de criar mais negatividade pelo pensamento. Quando surgirem em sua mente, deixe passar, não se apegue a estes pensamentos. Eles sairão com facilidade, portanto faça isso. Não deixe que se estendam, não deixe que a negatividade se torne parte de você.

 
Por Stphanie Gomes
MENSAGEM ENVIADA PELO SR. ANTÃO DA LUZ:

Olá Querida Companheira,

Foi com muita satisfação que tomamos conhecimento do seu novo trabalho literário.

Estes três dias em casa não foram suficientes para pormos em dia os afazeres em atrazo.

Por ora apenas tivemos tempo para passar uma ligeira vista d'olhos e gostamos da apresentação. Mas as referências das nossas Fátima Almeida e Aidinha sobre seu novo blogue nos fizeram antecipar estas duas linhas para lhe demonstrar todo o nosso agrado.

Como sabe nunca nos esquivamos a incentivar a todos os companheiros na nossa Filial a que estudassem não só as nossas obras mas também lessem obras de autores sérios e que quem isso fizesse muito estaria a lucrar e o trabalho produzido, no caso dos médiuns, seria mais proveitoso em todos os sentidos.

Há muito que notamos, com muita alegria, todo o interesse que a D. Arminda vinha dispensando ao estudo, de maneira geral.

O resultado do seu empenho está à vista de quem quiser ver.

Identificamos, no nosso Centro, militantes a quem pessoalmente falamos das suas possibilidades, com a intenção de os entusiasmar a fazer qualquer coisa de positivo, mas faltou-lhes coragem e, como se diz, dos fracos não reza a história. Preferem a imobilidade e não imaginam o quanto essa sua passividade lhes transtorna, pois, quem sabe usar da pena e não a usa para dizer aos seus concidadãos o que sabe ser a VERDADE, é um mau patriota e está cometendo o crime de omissão. Mais ou menos isso foi dito pelo grande amigo do nosso Mestre Luiz de Mattos, o filólogo e escritor brasileiro, Júlio Ribeiro.

Bem, não percamos tempo com os apáticos e falemos de nós!

Como sabe a Companheira, a nossa Filial já compilou oito volumes, nos quais vem anotado tudo quanto de essencial se passa não só na nossa Casa, mas em todo o universo racionalista cristão.

A intenção não é outra senão deixarmos algo para os pósteros, isto é, para aqueles a quem teremos que entregar o bastão. Algo que espelhe o nosso esforço, a nossa luta e que seja o alicerce, os pilares, para a renovação em que inevitavelmente, terão que se empenhar.

Não seria do nosso agrado que da Filial apenas a Aidinha e eu contribuíssemos para dar conteúdo a essa obra.

Podemos afirmar que a Companheira e amiga D. Arminda está dando um precioso contributo.

Continue, pois, está provando ter cabedal para o empreendimento a que se propor levar a cabo.
Nossas Felicitações,
Antão da Luz

http://seixal.racionalismocristao.org/index.html

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
MENSAGEM ENVIADA PELA FILHA ALICE BARROS E PELA NETINHA CAROLINA:

Querida mãe e avó "Mimi",

Ficamos muito felizes pelo teu novo blog.

E é com muito orgulho que vemos a tua dedicação, o teu amor, a tua felicidade e a tua experiência que tens para connosco, transformada nestas belas palavras, neste belo sentimento de pleno AMOR!

Amamos-te muito MÃE E AVÓ.
Alice Barros e Corolina



♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
MENSAGEM ENVIADA POR ANA PAULA OLIVEIRA:
Olá Querida Arminda

Os meus parabéns pelo seu novo Blog, está muito bonito!

Feliz ano 2011 para si e para os seus.

Com um abraço amigo

Ana Paula Oliveira
Portugal – Porto
http://viverplenitude.blogspot.com/
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
MENSAGEM ENVIADA PELA SRª AIDA LUZ:

Querida Arminda,

Dou-lhe meus sinceros parabéns, pela harmonia com que está feito seu Blogue, pelo conteúdo e especialmente pela sua força que, após concluir um, não ficou parada e arranjou coragem para enfrentar novo desafio.

Afinal, se às vezes parece frágil, pelo contrário, acaba de demonstrar uma grande força interior e isso é muito bom.

Continúe amiga, mulheres assim não se encontram a todo o instante.

Que 2011 seja um ano pleno de realizações, saúde, paz e harmonia para si e toda a sua família.

Fiz uma rápida visita e gostei, mas não pude ler tudo, como deve imaginar. Até porque para se apreciar a obra, há que lê-la com atenção e cuidado e isso requer tempo. Logo que o fizer lhe darei a minha opinião.

Aproveito para agradecer a deferência em colocar meu Link na sua obra.

Um especial abraço e beijinhos.
Aidinha
http://caminhosdavidaaidaluz.blogspot.com/
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
MENSAGEM ENVIADA POR MARIA DE FÁTIMA ALMEIDA:

Querida Amiga e Companheira de lutas,

Que FELICIDADE ao abrir estas "páginas", as páginas da Vida onde durante todo o ano trocamos e partilhamos nossas Amizade, a ti, dou-te com forte emoção os mais sinceros PARABÉNS por teu lindo blogue, pela tua capacidade de AMARES sem nada pedires em troca.

A Beleza de tua alma, de teu sentir, sempre me tocou tão profundamente, que com muita honra me apelidas de irmã. A privilegiada sou eu, a honra é toda minha.

Pelo teu maravilhoso trabalho, pela estudiosa e aluna aplicada que és, dás-me também a honra de colocares http://Exemplos-de-Vida.blogspot.com/ em teu belo trabalho.

FELICIDADES minha irmãzinha de tua irmã e nossa Mãezinha.

Feliz Ano Novo para ti e tua Família.

Feliz Ano Novo a todos os nossos Amigos companheiros de Vida.

Vossa Fátima (vovoh Fatinha)
http://exemplos-de-vida.blogspot.com/
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥